SAEG

História
Estrutura
Informações

Todos os serviços relacionados a saneamento básico realizado no Município de Guaratinguetá eram de responsabilidade do seu Departamento de Obras apensado à estrutura administrativa da Prefeitura Municipal de Guaratinguetá. No início da década de 1.970, com a criação do PLANASA (Plano Nacional de Saneamento Ambiental), foram criadas as companhias estaduais e os municípios que não aderiram às companhias fundaram seus serviços de saneamento, com a forma jurídica que mais lhes convinha naquele momento histórico.
O S.A.A.E.G. - Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Guaratinguetá é uma Autarquia Municipal, classificada como empresa pública de direito público,
para todos os efeitos legais, criada de acordo com a Lei Municipal No. 1.213 de 26 de fevereiro de 1.971. De acordo com esse diploma e com o seu Regulamento Interno, dela decorrente, compete, com exclusividade, ao SAAEG :
a) Estudar, projetar e executar, diretamente ou mediante contratos ou convênios com organizações especializadas de direito público ou privado, as obras relativas à construção, ampliação ou remodelação dos sistemas públicos de abastecimento de água e de coleta, afastamento, tratamento e disposição de esgotos domésticos;
b) Atuar como órgão coordenador e fiscalizador dos convênios firmados entre o município e órgãos Companhia de Serviço de Água, Esgoto e Resíduos de Guaratinguetá - SAEG

A SAEG - Companhia de Serviço de Água, Esgoto e Resíduos de Guaratinguetá pauta sua atuação em princípios de transparência, responsabilidade social e ambiental, buscando o comprometimento com a ética e a qualidade de vida de seus colaboradores, de suas famílias, da comunidade onde está inserido, e da sociedade como um todo.
Nesse sentido, investe na distribuição de água com qualidade e na excelência dos serviços prestados de coleta e tratamento de esgoto, e coleta e disposição final dos resíduos sólidos (lixo).
A Companhia conta com dois prédios administrativos, nos quais funcionam a diretoria comercial, à Rua Almirante Barroso, n.º 188, centro, e a sede administrativa e a estação tratamento de água à rua Xavantes, n.º 1880, Jardim Aeroporto conta ainda com duas estações de tratamento de esgoto responsáveis por 23% do tratamento de esgoto da cidade, conta com os sistemas: Vila Bela e Campo do Galvão e duas estações compactas de tratamento de água ­ Pedrinha e Rocinha.
O prédio situado na rua Xavantes, abrange as áreas: administrativa, financeira, suprimentos, comunicação social, recursos humanos, obras, jurídico, planejamento, laboratório, mecânica, técnica, serviço de 0800 e segurança do trabalho.
A diretoria comercial abrange o atendimento ao público, CPD, leitura de consumo, manutenção de hidrômetros e fiscalizações diversas. A diretoria de resíduos e a estação de transbordo estão situadas no Parque Ambiental Santa Luzia; o antigo lixão da cidade.
Atualmente a SAEG conta com 184 colaboradores, que são assistidos por serviços médicos e odontológicos, plano de saúde, cesta ­básica, plano de cargos e salários, alfabetização de adultos e capacitação profissional.
O município possui três estações de tratamento de água: Jardim Aeroporto, Pedrinha e Rocinha, que trabalham 24 horas por dia, sendo a ETA Jardim Aeroporto o principal sistema de abastecimento da cidade, tratando diariamente, mais de 24 milhões litros de água.
A partir de 01 de Janeiro de 2006, o então SAAEG, tornou-se responsável pelos resíduos sólidos do município, faz a coleta, transporte e disposição final do lixo, construção da estação de transbordo e da recuperação sanitária do antigo lixão de nossa cidade, em busca de se torna uma companhia de saneamento ambiental.
 

A partir do dia 01 de janeiro de 2008, nasce a mais nova companhia de saneamento do Estado de São Paulo, a SAEG – Companhia de Serviço de Água, Esgoto e Resíduos de Guaratinguetá.
 

Com esta mudança a SAEG foi classificada como uma sociedade de economia mista por ações de capital fechado com sede e foro no município de Guaratinguetá, sendo responsável pelos mesmos serviços, mas, agora com caráter de Companhia de Serviços, assume um papel empreendedor com uma nova estrutura administrativa e organizacional com bases sólidas e modernas, contemplando diretorias especializadas e uma estrutura técnica. É importante ressaltar que a SAEG continua sendo do município, ou seja, pública, no entanto mais independente e ágil