OU BAIXE O
APP 156 SAEG

BLOG

10 DICAS DE COMO IDENTIFICAR VAZAMENTOS

Um vazamento de água pode se tornar um incômodo para muitos, aquele pinga-pinga da água caindo na pia, irrita qualquer um. Porém, muito maior do que um som cansativo, pode pesar também no seu bolso. 

Quanto mais tempo adiando para resolver esse vazamento, maior poderão ser as consequências. Essa pequena situação pode acabar aumentando a tarifa de água, danificar a parede da sua casa, os pisos e desperdiçar cerca de 1,6 mil litros de água por dia.  

Mas por que vazamentos acontecem? 

Os vazamentos de água em domicílios podem ter inúmeras causas e geram transtornos prejudiciais à saúde. Umidade e infiltrações podem enfraquecer estruturas, causando a queda de partes de reboco e até concreto armado, em alguns casos tornando-se um risco real a vida. 

Além disso, outros problemas são as doenças respiratórias, que em casos de umidade, podem se intensificar por causa do mofo e ácaros, pequenos insetos que em contato com as vias respiratórias, podem causar doenças graves ao organismo. 

Quais são os motivos mais comuns?  

  • Tubulações antigas 

Há mais de 30 anos, os canos eram produzidos em ferro fundido e ferro galvanizado. O ferro passa por um processo de oxidação por causa da ação da água, obstruindo a passagem e provocando corrosão. Essa obstrução diminui o diâmetro do tubo, consequentemente, reduz o potencial da vazão.  

  • Encanamento mal instalado 

Nos canos de PVC é utilizado cola ou roscas para fixar um nos outros, porém se na hora da instalação não houver uma boa junção e haver qualquer espaço livre, por menor que seja, é o suficiente para causar vazamentos. 

  • Encanamento danificado  

O deslocamento ou a movimentação do cano pode ocasionar vazamentos, na medida que o imóvel vai ficando mais velho, o terreno em que foi construído passa por mudanças, acomodações ou tensões geradas por variações de temperatura. 

Portanto, as tubulações podem se deslocar e afundar, o que causa um deslocamento da instalação hidráulica. Mesmo que esse tipo de deslocamento seja gradual, os canos podem estar danificados e, assim, gerar diversos tipos de vazamentos. 

O mais importante é evitar qualquer transtorno para sua casa e seu bolso, então separamos 10 dicas de como você pode identificar vazamentos em sua casa. 

Como detectar vazamentos?  

Um ponto muito importante e um dos principais sinais é ficar atento a rachaduras e manchas presentes na parede, no chão e no teto.  

Outras características que podem ser notadas são o surgimento de mofo no local que estiver vazando água; a formação de poças de água no chão e o desprendimento da pintura da parede.  

Abaixo, separamos 10 dicas precisas para identificar vazamentos com mais precisão. 

Avalie sua residência 

Alguns pontos da casa podem te ajudar a denunciar com mais facilidade se um vazamento de água estiver acontecendo. Assim, é importante avaliar o funcionamento de chuveiros, torneiras e vasos sanitários.  

Para uma melhor avaliação, vale chamar um técnico e assim que o mau funcionamento for identificado, você pode começar a ficar esperto em relação a alguns equipamentos, como:  

Aparelhos sanitários, torneiras, chuveiros, registros, válvula de descarga.   

Torneira ou chuveiro pingando 

Esse tipo de vazamento é considerado o mais fácil de identificar. 

Ao terminar de tomar banho, escovar os dentes ou de lavar as louças, preste atenção se ficará pingando água mesmo depois de você já ter fechado.  

Teste seu vaso sanitário 

Jogue pó de café no vaso, se ele chegar até o fundo do vaso então significa que não há nenhum vazamento, mas em caso contrário, provavelmente pode ter um vazamento de água na caixa da descarga ou na válvula. 

Verifique se a tarifa de água aumentou  

Às vezes, a origem de alguns vazamentos não será possível de ser identificada, mas a dúvida pode ser tirada pelo preço da sua conta de água.  

Leve em consideração se houve, ou não, alguma mudança no perfil de consumo da família, pois se perceber as contas mais caras pode ser um sinal para chamar um especialista.  

 Cheque seu hidrômetro  

Uma dica para identificar vazamentos de água na casa é fechar bem as torneiras, chuveiros e não utilizar vasos sanitários ou máquina de lavar roupas. Logo em seguida, vá conferir a medição do hidrômetro. 

 Se ele estiver girando mesmo com todos os meios de utilização de água estando fechados e desligados, pode ser que há algum vazamento.  

Um ponto a ser levado em consideração é a troca do seu hidrômetro a cada cinco anos. Se você quiser entender mais sobre o tempo de vida útil do seu hidrômetro, clique aqui.  

Analise sua Caixa D’água 

Primeiramente, se você não tem caixa d’água saiba o porquê é necessário ter uma em sua casa.  

O teste para descobrir algum vazamento na caixa d’água tem um pouco mais de processos. Primeiro, é preciso fechar o registro e não usar torneiras e nem o vaso sanitário, depois fecha a torneira da boia para impedir sua entrada.  

Marque no seu reservatório uma linha no nível de água e aguarde uma hora para verificar o nível da água e a marcação.  

Após essa uma hora, se o nível da água estiver abaixo da sua marcação da água, indica que há vazamentos em sanitários ou em canos que utilizam a água da caixa.  

Preste atenção em infiltração e umidade 

As infiltrações e umidades podem ser encontradas em paredes e pisos, tais sinais denunciam vazamentos nos canos que distribuem água na sua residência.  

Para comprovar o vazamento, o teste a ser feito é o mesmo ao analisar a sua caixa d’água. 

Vazamento no ramal direto da rede 

Feche o registro do cavalete, abra uma torneira que utiliza água direto da rede e aguarda até a água parar de correr.  

Coloque um copo cheio de água na boca da torneira, se houver sucção da água do copo pela torneira, é um sinal de que existe vazamento no cano instalado pela água da companhia.  

Utilize um aparelho de localização de vazamentos 

Um dos aparelhos mais conhecidos para realizar este serviço é o aparelho Geofone. O instrumento serve para escutar a terra e consegue localizar vazamentos de canos, dutos e afins.  

Para fazer este teste e outros com equipamentos específicos é preciso contratar um profissional especializado. 

Reservatórios subterrâneos de edifício 

Para identificar o vazamento em reservatórios subterrâneos de edifício vale fechar o registro de saída do reservatório subsolo e a torneira da boia.  

Faça uma marcação no reservatório o nível da água e, após uma hora, verifique se o nível baixou.  

Se isso aconteceu, há vazamentos nas paredes do reservatório ou nas tubulações de alimentação do reservatório superior ou na tubulação de limpeza. 

Identifiquei o vazamento. E agora?  

É aconselhável não demorar para procurar um profissional especializado que possa realizar o preparo. Quanto mais rápido for reparado, menor serão os problemas posteriores. 

Um vazamento de 2 milímetro em um cano da sua casa é capaz de desperdiçar 96 mil litros de água em um mês. Com isso, além do grande desperdício de água, a tarifa da sua conta de água também irá aumentar.   

Após o reparo do especialista, preste atenção nas marcações de seu hidrômetro. Se o ponteiro não mudar por três dias seguidos, não há mais vazamentos.  

Este conteúdo fez sentido para você?  Alguns dos sinais já apareceram em sua residência? Se sim, é melhor chamar um especialista o mais rápido possível. 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

NOTÍCIAS EM DESTAQUE

MANUTENÇÃO DO DÉBITO EM CONTA
A SAEG informa a todos os seus usuários que, devido a mudança do sistema comercial da Caixa Econômica...
RECADASTRAMENTO DA TARIFA SOCIAL DE PESSOAS FÍSICAS DA CONTA DE ÁGUA COMEÇA NO DIA 01 DE JUNHO DE 2023
A SAEG convoca todos os beneficiários para o recadastramento da Tarifa Social, cujo valor é de 50% da...
SAEG INICIARÁ PROGRAMA DE SUBSTITUIÇÃO DE HIDRÔMETROS COM TEMPO DE USO ACIMA DE 5 ANOS
A SAEG informa que iniciará, a partir do mês de junho, a execução do seu programa de substituição...
MANUTENÇÃO NA RUA GUARANIS CONTINUA NESTA QUARTA-FEIRA (24)
A SAEG informa que por volta das 22h30 de ontem, terça-feira, ocorreu um novo vazamento no entrocamento da...